Quem Sou

Meu interesse pelas “questões da mente” se iniciou ainda na adolescência, com a descoberta de livros e revistas voltados para o tema. Aos 15 anos, com o adoecimento de um primo, tomei a decisão de estudar psicologia para tentar entender os mecanismos subjacentes à mente humana.

Assim, fiz o curso de Psicologia na Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto, na Universidade de São Paulo (USP), encerrando-o em 2005. Ainda não satisfeita com os conteúdos e experiências fornecidos na faculdade, vim para São Paulo fazer Aprimoramento Profissional em “Psicologia Hospitalar em Avaliação Psicológica e Neuropsicológica em Saúde Mental” no Instituto de Psiquiatria do Hospital das Clínicas (HC) da Faculdade de Medicina da USP-SP, de 2006 a 2008, totalizando 3.520 horas. Obtive título de Especialista em Psicologia Hospitalar em 12/09/2008 pelo Conselho Federal de Psicologia.

Após o término do Aprimoramento em 2008, fui trabalhar no Centro de Atenção Psicossocial (CAPS) M’Boi Mirim, sob coordenação das Irmãs Hospitaleiras do Sagrado Coração de Jesus. Este local foi uma grande escola para mim! Colegas de trabalho extremamente competentes, pacientes com as mais diversas patologias e graus de severidade… Todo este conjunto de facilitadores me ensinou o manejo com pacientes e familiares, tanto em grupo como em atendimentos individuais.

Durante esta época fiz alguns cursos:

  • “Visitando Klein: Teoria e Clínica” no Instituto Sedes Sapientiae (duração: 24 hs) em 2006;
  • “Fundamentos da Psicanálise e sua Prática Clínica” também no Instituto Sedes Sapientiae (duração: 136 hs) de 2007 a 2008;
  • “Construção da Clínica do CAPS – Centro de Atenção Psicossocial – Módulo Teórico III” no Centro de estudos Paulista de Psiquiatria (CEPP) (duração: 16 hs) em 2009;
  • “Psicogerontologia: Fundamentos e Perspectivas – Ações e Intervenções “ no COGEAE PUC-SP (duração: 45 hs) em 2009.

Em junho de 2010 todo este ciclo se fechou e fui trabalhar no Núcleo de Apoio à Saúde da Família (NASF) pela Associação Comunitária Monte Azul. Esta foi uma experiência incrível! Muitas mudanças e coisas muito boas vieram a partir desse momento… Atender às famílias do Jardim Ângela em um ambiente “protegido” como era o CAPS, dentro de uma sala, com toda uma equipe de retaguarda, foi apenas o início… O trabalho no NASF me trouxe outro desafio: atender as pessoas em suas casas, DENTRO de sua realidade! Com todos os obstáculos que podia encontrar, fui aprendendo a reconhecer ainda mais as potencialidades das pessoas e entendendo realmente o que é RESILIÊNCIA!

Junto a toda essa experiência profissional e de vida, uma descoberta mudou o rumo do meu trabalho… Fui apresentada à Antroposofia pela dra. Ana Paula Rosis,  parceira e amiga. Aos poucos fui conhecendo e me interessando por uma forma de enxergar o ser humano de maneira mais global, envolvendo sua biografia e a situação em que  se encontra, seu jeito de ser, as forças que atuam sobre ele. Assim, decidi estudar essa vertente que mostrou-se bastante agregadora.

No início de 2012 fechei mais um ciclo quando terminei minha jornada no NASF e a partir de abril/12, tive outro grande aprendizado sobre resiliência: iniciei um trabalho de acompanhamento psicológico a dependentes químicos, sob o ponto de vista da Antroposofia, na Casa da Trilha (também da Associação Comunitária Monte Azul). Essa experiência aprimorou minha compreensão do processo de adoecimento, mas também do despertar do autocuidado necessário para a superação de traumas e sofrimentos vividos ao longo da vida.

Durante este tempo que estou em São Paulo tenho investido no atendimento clínico no consultório. No início de 2012, passei a dividir o consultório com a pediatra Ana Paula Rosis. E ao final de 2012, fechei outro ciclo, encerrando esta grande parceria, em outro endereço e com minha própria sala!

Durante estes anos, venho me aprimorando no estudo da Antroposofia em diversos cursos. De agosto/2011 a julho/2012 fiz o curso “Fundamentos da Medicina Antroposófica: diagnóstico e terapêutica na Saúde da Mulher” na UNIFESP (duração: 160 hs).  E no ano de 2012 participei dos encontros “Práticas de avaliação diagnóstica e condutas terapêuticas em Antroposofia” – com o psicólogo Moacyr Morais, o Dr. Jorge Hosomi e a Terapeuta Artística Renata Kolisch, além de outros encontros em educação continuada ministrados por eles. Participei também, em maio/12, da  1a Jornada de Psicologia Clínica e Antroposofia. A partir de junho/12 me tornei psicóloga colaboradora no Ambulatório de Obstetrícia do Núcleo de Medicina Antropoófica (NUMA) na Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP).

Em 2013, também participei de diversos cursos:

  • Cursos de Educação Continuada em Psicologia e Antroposofia oferecidos pela Associação Brasileira de Psicólogos Antroposóficos (ABPA) – “Processos Vitais à Luz da Antroposofia: Fundamentos de Semiologia Psiquiátrica” e “Terapêuticas Antroposóficas: Terapia dos Sete Passos” – ministrados pelo psicólogo Moacyr M. Morais;
  • Cursos oferecidos pela Sociedade Antroposófica do Brasil (SAB) – “Os Sete Arquétipos Planetários nos Contos de Fadas”, ministrado pelo Dr. Jorge K. Hosomi e pelo psicólogo Moacyr M. Morais – e “Ser pai, ser mãe no Séc. XXI”, ministrado pela Dra. Ana Paula I. Cury;
  • Cursos de Extensão oferecidos pelo Departamento de Obstetrícia da EPM/UNIFESP – “Antroposofia e Psicologia: Fundamentos de uma abordagem interativa” e “Semiologia e Discussão de Casos Clínicos segundo a Racionalidade da Antroposofia na Saúde”.

Passos importantes que dei com relação ao estudo da Antroposofia foram as especializações:

  • Abril/2013 a  dezembro/2014 – “Psicologia Clínica e Antroposofia” na Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo;
  • Agosto/2013 a junho/2015 – “Antroposofia na Saúde” na Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP).

2014 foi um ano bastante intenso, de muito crescimento! Em junho, passei a fazer parte da diretoria da Associação Brasileira de Psicólogos Antroposóficos (ABPA) contribuindo para o fortalecimento e divulgação da Psicologia Antroposófica, que amplia a visão de ser humano e fornece diversas técnicas para uma abordagem mais integral do indivíduo.

Em outubro/2014, a ABPA realizou um grande encontro, um marco para a Psicologia Antroposófica – o 1o Encontro Panamericano de Psicologia e Antroposofia (EPAPA), evento que participei e ajudei a organizar. Neste encontro estiveram presentes psicólogos de diversos países, como Chile, Argentina, Colômbia e Estados Unidos. Foi sensacional!

Em 2014 participei também de diversos cursos:

  • Curso de Aprofundamento oferecido pela Associação Brasileira de Psicólogos Antroposóficos (ABPA) -“Diagnóstico Psicossomático de Transtornos de Personalidade através da Orientação Espacial”, ministrado pelo psicólogo norte-americano Dr. William Bento;
  • Cursos de Extensão oferecidos pelo Departamento de Obstetrícia da EPM/UNIFESP – “Antroposofia e Psicologia: Fenomenologia das Interações Sociais” e “Semiologia e Discussão de Casos Clínicos segundo a Racionalidade da Antroposofia na Saúde”;
  • Minicurso oferecido no IV Congresso Brasileiro de Psicologia: Ciência e Profissão – “Psicologia Obstétrica”, ministrado pela psicóloga Fátima Ferreira Bortoletti.

Ainda em 2014, ministrei duas aulas no curso de especialização “Antroposofia na Saúde” na Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), intituladas “Psicologia na Gestação Fisiológica e Patológica” e “Caso Clínico: experiência do tratamento de drogadição na visão antroposófica”.

Participei da Mesa Redonda de lançamento do livro “O Bebê do Amanhã” – Barany Editora, na livraria Cultura, que contou também com a participação de outros profissionais da área.

Apresentei também dois trabalhos em congressos:

  • “Recursos Complementares na Clínica Psicológica: um Olhar não Hegemônico na Psicologia” – apresentação oral na categoria Conversando Sobre…, no IV Congresso Brasileiro de Psicologia: Ciência e Profissão;
  • “Contribution of Anthroposophy and Psychology  for Students’ Sense os Coherence” – pôster no 1o Congresso de Medicina e Práticas Integrativas do NUMEPI e 1a Jornada de Antroposofia na Saúde.

2015 foi um ano bastante produtivo! Participei do “XII Congresso Brasileiro de Medicina Antroposófica, VII Simpósio de Terapias Antrpoposóficas e IV Congresso de Medicina Antroposófica da Zona da Mata Mineira”, contribuindo com a comissão científica do congresso nos trabalhos ligados à Psicologia.

Na edição número 35(4) – Outubro/Novembro/Dezembro de 2015  da revista Arte Médica Ampliada, tive meu artigo publicado! Seu título é: “A gestante na visão da Antroposofia: contribuições para um acompanhamento psicológico integral” e está disponível no link abaixo:

http://abmanacional.com.br/arquivo/a151b751c3d5bd302b41801063bf728a3619f95f-35-4-gestante.pdf

Em 2015 também participei dos cursos:

  • Curso de Pintura (módulos Pedagógico II e Terapêutico I) oferecido pela Federação de Instituições de Profissionais de Educação Terapêutica e Terapia Social do Brasil, ministrado por David Newbatt;
  • Curso de Educação Continuada em Psicologia e Antroposofia oferecido pela Associação Brasileira de Psicólogos Antroposóficos (ABPA) – “O caminho interior do psicoterapeuta: desafios na tarefa curativa”,  ministrado pelo psicólogo Moacyr Mendes Morais;
  • Curso de extensão oferecido pelo Departamento de Obstetrícia da EPM/UNIFESP – “Antroposofia e Psicologia: Fenomenologia dos Doze Sentidos”, ministrado pelo psicólogo Moacyr Mendes Morais e pelo médico Dr. Jorge Hosomi;
  • Curso de Educação Continuada em Psicologia e Antroposofia oferecido pela Associação Brasileira de Psicólogos Antroposóficos (ABPA) – “A metodologia do Aconselhamento Biográfico em diálogo com a Psicoterapia Antroposófica”, ministrado pela psicóloga Márcia Della Negra.

2016 foi o ano em que me recolhi para meu maior desafio de desenvolvimento pessoal… A gestação! Desacelerei e me dediquei a esse imenso presente! Não podia ter sido diferente, diante do que acredito ser importante para a saúde de mãe e filho em uma gestação. Foi intenso, gratificante, desafiador e curador! Mantive meus pacientes em consultório e frequentei alguns cursos, além das reuniões de diretoria da Associação Brasileira de Psicólogos Antroposóficos (ABPA). Participei do Curso de Educação Continuada em Psicologia e Antroposofia oferecido pela Associação Brasileira de Psicólogos Antroposóficos (ABPA) – “Neurodesenvolvimento e seu espelho no Sistema Nervoso”, ministrado pela Dra. Marilise Paraízo. Participei também da 3a Jornada de Psicologia e Antroposofia oferecida pela Associação Brasileira de Psicólogos Antroposóficos (ABPA) – “Como eu trato”.

2017 foi o grande divisor de águas! A partir desse momento, deixei de ser apenas “filha” e me tornei “MÃE”! Que intensa é a maternidade! Que grande oportunidade de autoconhecimento e desenvolvimento! Não fazia ideia de quão altruísta precisava ser, quanta dedicação, quanto amor! Aos poucos a vida foi me chamando de volta, após esse mergulho intenso na maternidade… Participei do 1o Congresso Brasileiro de Psicologia e Antroposofia “Psicopatologia: Diagnóstico e Terapêutica”, com alguma dor no coração – eu confesso. Retomei também os atendimentos em consultório, mas decidi mudá-lo para um local mais próximo de casa. Este é um exercício constante de equilíbrio entre maternidade, matrimônio, cuidados com a casa, trabalho e comigo mesma (por último propositalmente, pois é assim que acaba sendo). Participei também do curso de Educação Continuada em Psicologia e Antroposofia oferecido pela Associação Brasileira de Psicólogos Antroposóficos (ABPA) – “Uma Abordagem Integrativa”, ministrado por diversos profissionais de diferentes áreas.

 

 

 

 

Deixe uma resposta